ITAPETININGA AGORA JÁ TEM UMA SALA DE MADA

MAIS UMA SALA NO ESTADO DE SÃO PAULO

Foi com muita alegria que recebemos a notícia da abertura da sala na cidade de Itapetininga. Desejamos longa vida e porta aberta para as mulheres da região que ainda sofrem!

Grupo MADA ITAPETININGA
Rua Bernardino de Campos, 130
Reuniões: 3ª feiras, 19h30 às 21h30

Sejam muito bem-vindas companheiras de Itapetininga!
Vocês não estão mais sozinhas!

Novas Reuniões no Vale do Paraíba

A mulheres que Amam Demais da região do Vale do Paraíba já podem contar com duas portas abertas.

O Grupo MADA São José dos Campos, que abriu no último mês, está com endereço e horários novos.

GRUPO MADA SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
Av. Elísio Galdino Sobrinho, 514 – Cidade Morumbi – São José dos Campos/SP
Paróquia do Espírito Santo – sala 7.
Reuniões: 3ª feiras, de 19h30 às 21h30
Novo endereço

E o Grupo MADA Jacareí, acabou de abrir as portas no último dia 6 de setembro e manterá suas reuniões toda 4ª feira na Sede dos Vicentinos.

GRUPO MADA JACAREÍ
Rua Pedro Guery S/N – Jacareí/SP
Sede dos Vicentinos (ao lado do Lar Frederico Ozamam)
Reuniões: 4ª feiras, de 20h00 às 22h00
Nova Sala

CONFIRAM NA ABA “ENDEREÇOS EM SÃO PAULO

PARA INGRESSAR, BASTA COMPARECER.
TODAS SERÃO MUITO BEM-VINDAS!

 

 

NOVA SALA – Grupo MADA São José dos Campos

É com muita alegria que divulgamos a abertura de uma nova sala:

Grupo MADA São José dos Campos

Mais uma opção de Reunião Presencial do Estado de São Paulo. Mais uma porta aberta.

Desejamos vida longa ao novo Grupo e que ajude muitas mulheres que ainda sofrem.

MADA São José dos Campos
Rua Alfredo Colosp, 772 – Bosque dos Eucaliptos
Reuniões: Segundas, de 19h00 às 21h00

TODAS SERÃO MUITO BEM-VINDAS!

Agosto é o mês de…

OITAVO PASSO

 

“Fizemos uma relação de todas as pessoas que tínhamos prejudicado e nos dispusemos a fazer reparações a todas elas”



 

O Oitavo Passo é o teste da nossa recém-encontrada humildade. Nosso objetivo é a libertação da culpa que carregamos até agora. Queremos olhar o mundo de frente, sem agressividade ou medo.”Será que estamos dispostas a fazer uma lista de todas as pessoas que prejudicamos?”


Faremos isso a fim de limpar o medo e a culpa que o passado ainda nos traz. Nossa experiência
já nos demonstra que precisamos sentir boa vontade para que esse possa surtir qualquer efeito. O Oitavo Passo não é fácil; exige um novo tipo de honestidade nas nossas relações com os outros.O Oitavo Passo inicia o processo do perdão. Se perdoarmos os outros, possivelmente seremos perdoadas e, finalmente, nós nos perdoaremos e aprenderemos a viver no mundo. Quando atingimos este passo estamos prontas para compreender mais do que ser compreendidas.


Podemos viver e deixar viver mais facilmente, quando conhecemos as áreas em que devemos reparações.Pode parecer difícil agora, mas depois que
o fizermos,perguntaremos por que não tínhamos feito isso
há mais tempo. É importante que se defina o que é “prejudicar”. Uma definição de prejuízo é dano físico ou mental.Outra definição de prejudicar é causar dor, sofrimento ou perda. O prejuízo pode ser causado por algo que seja dito, feito ou que não tenha sido feito. Podemos ter prejudicado com palavras ou ações, intencionais ou não. O grau de prejuízo pode ser com palavras ou ações, intencionais ou não.


O grau de prejuízo pode variar desde fazer com que alguém se sinta mentalmente desconfortável até o dano físico ou mesmo a morte.

 O Oitavo Passo nos confronta com um problema. Muitas de nós têm dificuldade de admitir que prejudicaram outras pessoas, pois se julgavam vítimas. Temos que separar o que fizeram conosco daquilo que fizemos com outros. Deixamos de lado nossas justificativas e a ideia de sermos vítimas.


Frequentemente sentimos que só prejudicamos a nós mesmas, porém, normalmente nós nos colocamos no último lugar na lista de reparações, quando nos colocamos. Esse passo faz o trabalho externo para reparar os destroços de nossas vidas.


Não nos tornamos pessoas melhores julgando os erros dos outros. O que nos fará sentir melhor é limpar nossas vidas, aliviando a culpa.Escrevendo a lista não poderemos mais negar, admitindo que prejudicamos outras pessoas, direta ou indiretamente, através de alguma ação, mentira, promessa quebrada ou negligência. Encaramos a lista com honestidade, com o objetivo de fazer reparações. O mais importante é que este passo nos ajuda a criar uma consciência de que estamos aos poucos, ganhando novas atitudes em relação aos outros.